quarta-feira, 24 de agosto de 2016

Viajando pela Toscana tendo Florença como base

Oi pessoal!

Ano passado (2015) eu tive a felicidade de ficar um mês em Florença estudando italiano.
Escolhi Florença porque já conhecia a cidade e tinha gostado muito e também porque a sua localização permite fazer várias viagens curtas para as cidades próximas. E tem muita coisa para visitar na Toscana. E não só na Toscana! Veneza está só a 2 horas de trem e com bilhetes por cerca de 18 euros (e ainda pode dar a sorte de pegar uma promoção e gastar menos ainda!)


Então, como fazer?

Como eu ia ficar um mês, aluguei um apartamento pelo Airbnb. Lá tem muitas opções, desde quartos até casas inteiras. Escolha um que se adeque ao seu perfil e taca ficha!

Eu reservei um apartamento de 1 quarto que ficava perto do Duomo e também da minha escola de italiano. Foi ótimo, o apartamento era bem equipado, a localização oferecia várias atrações próximas e dentro da cidade eu me locomovia só a pé.

O apartamento era bonitinho, mas meu cabelo, que eu cortei no salão da Aveda e peguei uma fortuna ficou péssimo! Tudo bem, já cresceu!

A única coisa que não achei muito legal foi que no dia que eu cheguei a dona do apartamento anotou os números dos medidores de energia, água e gás. Acho que como eu estava meio zonza da viagem não entendi direito. No fim da viagem ela me fez pagar por essas despesas. Não achei legal porque isso não estava especificado no anúncio. Fiz o pagamento pelo próprio site do Airbnb (eles mesmos orientam para que não se faça nenhum pagamento direto ao anfitrião, porque é algo que eles não têm como controlar e te ajudar depois, se for o caso). Tem uma parte lá que é algo como "enviar pagamento complementar", também usado para quando vc danifica algum item e precisa pagar por ele. Enfim, até que não foi uma grande despesa, o único problema foi não estar no anúncio.

E como ir de Florença para as cidades próximas?

É muito, muito simples. Vá até a estação de trem Santa Maria Novella, escolha um destino e voilà!!! Dessa forma nós fomos para Veneza, San Gimignano, Arezzo, Lucca e Pisa. Só lembrando que o horário do trem é o horário em que ele parte, então não fica comendo mosca. Muitos trens chegam e partem em menos de 5 minutos. E lembra-se de validar os tickets antes de embarcar, na estação, para não pagar multa. 

Também dá para ir de ônibus para alguns lugares, como Chianti. De San Gimignano para Siena também foi de ônibus. 


Nenhum comentário:

Postar um comentário