quarta-feira, 4 de novembro de 2015

New York - 2015 - com neve, muita neve!!!!

No começo de 2015 fiz a viagem mais 'extrema' da minha vida. Foram uns 15 dias na Tailândia, com dois em Cingapura e mais 5 em Nova York. 



Aí você pensa...para que combinar Tailândia com Nova York no inverno?

E eu respondo...o que a gente não faz para economizar numa passagem!?



Como a gente já sabia que estaria muito frio em NYC nessa época, eu já reservei no Brasil coisas para fazermos todas as noites. Fomos ver os musicais da Broadway O Fantasma da Ópera e Aladdin , um jogo de basquete no Madison Square Garden, além do show do Maroon 5, também no MSG. 


Acho que foi uma decisão bem acertada planejar as noites com antecedência e já ir com os ingressos comprados, porque caso contrário ficaríamos só morgando no hotel, porque estávamos bem cansadas da fase asiática da viagem e também porque estava frio de mais para pensar. 


A única coisa que eu faria diferente: eu reservei os ingressos do Fantasma da Ópera para o dia em que chegamos em NYC, depois de 5 horas de vôo Bangkok - Tóquio e mais 14h de Tóquio a NYC. Então não há quem aguente mesmo. Eu dormi no vôo, mas acabei cochilando na peça - não me culpe, foi mais forte do que eu. Além de que aprendi a não criticar mais quem dorme no teatro - você nunca sabe se eles estão vindo de uma viagem de quase 20h.



Mas tudo bem. Vou ter que assistir novamente. 



O jogo de basquete era algo que eu já queria ter feito da outra vez que fui mas não tinha conseguido. Minha impressão: O Madison Square Garden é muito legal, seja para show ou para jogos, a estrutura é ótima. Várias lanchonetes, banheiros, telões.






O jogo em si foi chatinho. Foi New York Knicks vs. Sacramento Kings. Os Knicks perderam feio. O que achei mais legal foi o intervalo..kkkk


Cada intervalo tem uma coisa: jogam camisetas para galera, cantam, dançam, mas o que eu gostei mais foi dos famosos... Além do Kevin Bacon e do Tom Hanks teve vários outros. 




Ryan Hardy!!!! e isso que nessa época eu nem assistia The Following

Wiiiiiiiiiiilsooooon



Aladdin coisa mais linda. O ator que faz o gênio - James Monroe - é simplesmente fantástico!
Além disso, amei todos os figurinos. 









Londres - UAL - Central Saint Martins

Em agosto desse ano (2015) fiz um curso de English Plus Fashion Design na UAL - Universidade de Artes de Londres.
O curso de inglês foi de manhã no Language Centre (High Holborn, 272) e o de Fashion Design à tarde na Central Saint Martins (Granary Square, perto de King's Cross).

Gostei muito dos dois. O investimento é alto, principalmente em tempo de desvalorização do real, mas creio que valeu a pena.




Buckingham Palace


Camden Town


King´s Cross

St. Pancras

No curso de Fashion Design tinha desde de garotas de 16 anos até profissionais já formadas. Eram 16 meninas, a maioria universitárias. A professora foi Audrey Ang, que às vezes era ótima e às vezes era horrível. Acho que ela ficou muito decepcionada com a carreira no mundo da moda e muitas vezes acabava jogando um balde de água fria na turma. Mas uma certa dose de realidade é bom. Aprendemos o processo de criação: definição do tema, pesquisa, draping, drawing (técnicas de desenho rápido), styling. Foram quatro semanas bem intensas.



O curso de inglês foi bem mais relax. Gostei muito da minha turma. É impressionante o número de brasileiros: de 13 pessoas, 5 eram brasileiras, 3 de hong kong, 2 colombianos, uma argentina, uma alemã, uma francesa. Gostei do método do Language Centre, que nos colocava para conversar o tempo todo, sempre trocando de parceiros, o que facilitava a integração da turma.

No primeiro dia, todos os alunos deviam comparecer na unidade que fica em Central Saint Martins, perto da estação King's Cross. Fizemos o teste de inglês no primeiro dia. Foi uma prova escrita mais uma entrevista. Eu fiquei no nível pre-advanced (obviamente um nível entre o intermediário e o avançado). No começo até fiquei chateada de não ter entrado direto no avançado, mas percebi que no fim das contas, o mais importante é o quanto você aprende. A professora de inglês foi a Julia, que tinha um sotaque britânico lindo, lindo! Mas eles já avisam que seu objetivo não deve ser ficar com um sotaque britânico, mas sim ter um inglês internacional. 



Hospedagem
Fiquei no Pure City (Bastwick Street). Gostei. Era um studio - um quarto com banheiro e cozinha, com bons armários. A Pure tem lavanderia no prédio e tem também a opção de mandar suas roupas para lavar e passar (£1,8 para lavar e passar uma camisa).

segunda-feira, 28 de setembro de 2015

How to travel by train in Europe, especially in Italy

Hi everyone! This will be my first post in English, so I apologize for any mistakes. Now, the important: how to travel by train in Europe. 

I'm going to start talking about how to travel in Italy, but the procedure it's pretty much the same all over Europe. 

First, buying the tickets. You can buy your tickets on the internet, on the machines or on the box office (biglieteria, in italian). And usually you can use cash (content, in italian) or credit cards. But attention, in Italy some machines accept both and others only accept credit card. 


In Italy there are two mayor companies: Trenitalia (which sell tickets to most lines and from different train companies) and Italo Treno, that sells mostly for long distance trains. So, pay attention to what companies is your ticket, as you will need to validate it BEFORE YOU GO ON THE TRAIN. 


There are two sizes of tickets from Trenitalia, but both use the same validating machine. So if you have the smaller ticket, just align it to the left.

There are several validating machines all over the stations, especially by the platforms. You need to insert you ticket (biglietto, in italian) completely in the machine, usually align to the left and wait for a moment until the machine stamps the date, hour and place. 
If you are on the train and don't have the a validated ticket, which means that 1) you didn't validated you ticket on the machine or 2) you don't have a ticket at all you can receive a fine up to 200 euros!!! 


You can see the validation on the top: is the day, hour and place.

On the buses works similarly, with the difference that the validating machine is inside the bus. 

In Venice, if you use the vaporetto, you also need to validate BEFORE you enter.

I hope this was helpful!

See ya!





quinta-feira, 17 de setembro de 2015

Restaurantes de Florença - 50 Sfummature di Gusto

Literalmente, 50 tons de sabor! Tá, se o nome é meio nada-a-vê, o restaurante é super-tudo.

Encontramos esse restaurante pesquisando no TripAdvisor, como muito bem cotado e com preço razoável, então decidimos tentar.

Fomos numa segunda-feira, sem fazer reserva, mas chegamos bem cedo, tipo umas 19h30. Nos perguntaram se tínhamos reserva, nós dissemos que não, mas conseguimos uma mesa. Mas talvez seja bom reservar.

O local é simples mas agradável. Os atendentes são ótimos. Mal sentamos na mesa já recebemos uma taça de prosecco cada um e mais um pratinho de crostini (tipo um pão bem fininho torrado), tudo cortesia da casa.

Pedimos uma entrada e um prato para dividir, pois não estávamos com muita fome e os pratos aqui geralmente são muito bem servidos.

De entrada, pedimos o "Coccoli, prosciutto crudo e stracchino". Coccoli é tipo um pãozinho bem fofinho, prosciutto crudo é presunto cru, estilo presunto de parma e o stracchino é um queijinho bem molinho, tipo cream cheese.

E de prato principal pedimos uma "Tagliata de manzo con carciofi"ou seja uma carne bovina cortada em fatias com alcachofras.



A sobremesa foi um "pan di banana alla salsa di cioccolatto" um bolinho de banana com calda de chocolate. Estava bom. Só bom.


Mas o que eu gostei foi o geral! O ambiente é muito agradável, o atendimento é ótimo e super vale o custo-benefício. Tomamos um ótimo vinho da casa por 2,5 euros por 1/4l


http://www.tripadvisor.it/Restaurant_Review-g187895-d8491763-Reviews-50_Sfumature_di_Gusto-Florence_Tuscany.html

Paris - maio de 2013

Esse post será apenas visual. Uma imagem vale mais do que mil palavras? 

Museé D'Orsay - é muito fácil fazer uma foto boa nesse lugar!

Museé Rodin


Museé Rodin


Museé d'Orsay

Museé d'Orsay



Adivinha o que é???









Pompidou




Brasília

O que fazer na capital do nosso querido Brasil? 
O principal aqui, o que é diferente das outras cidades, são os passeios cívicos. Visita ao Congresso Nacional, Palácio do Planalto, sede do Poder Executivo, Palácio da Alvorada, residência oficial do Presidente da República, Supremo Tribunal Federal (STF). 

Além disso, tem o Pontão, que é um lugar na beira do lago que reúne vários bares e restaurantes, muito bom para a hora do almoço ou para um fim de tarde. 
Mangai - restaurante de comida nordestina e de todo tipo de comida na verdade. É por quilo, a variedade é imensa. Deixe um espaço para a sobremesa. Recomendo a cartola, que é feita com banana, queijo e chocolate. 
Nau - restaurante de frutos do mar, fica do lado do Mangai, mas é a la carte. O restaurante é enorme e um dos diferenciais em Brasília é que tem estacionamento coberto, então é uma boa opção nos dias de chuva. 

Coco Bambu - também de frutos do mar. São dois endereços, um na beira do lago e outro no Brasília Shopping. 



Memorial JK

Memorial JK


Santuário Dom Bosco

Festa de casamento na Catedral de Brasília

Catedral


Itamaraty - Ministério das Relações Exteriores

Congresso Nacional