quinta-feira, 23 de outubro de 2014

Munique (München) Alemanha (7/10/14 a 10/10/14)

Fui de avião (Air Berlin) de Berlin para Munique. O vôo saiu do aeroporto Tegel. Na chegada ao Tegel tem um painel eletrônico bem grande que indica em qual portão sai cada vôo. Você faz check in, despacha a mala e embarca pelo mesmo lugar, não precisa atravessar o aeroporto, então quando estiver chegando já veja em qual portão tem que ir.

O vôo foi pontual e tranquilo. Servem bebidas e snacks e um chocolatinho na saída. 

Como ir do aeroporto de Munique até o centro da cidade
Na chegada em Munique peguei o Lufthansa Airtport Bus, que faz algumas paradas na cidade e chega até a estação central de Munique (Hauptbahnhof ou hbf). Custa 10,50 euros e é um ônibus executivo. Ótima opção para quem viaja com malas!
De lá peguei um táxi até meu hotel (cerca de 2,5km), deu mais 10 euros. 

Fiquei hospedada no Das Hotel in München 
Türkenstraße 35
80799 München
Alemanha
O hotel é meio antigo, e o preço não foi dos melhores, mas foi o melhor custo benefício que consegui encontrar. É próximo das Pinakothekes e dá para ir andando até a Marienplatz. O café da manhã é bom, mas nada demais. 

Fiz um citytour com a CitySightSeeing, mas não gostei muito não. Eles deixavam o áudio em alemão no autofalante então ficava difícil de entender inglês com os fones. Mas é um opção quando você quer ir em vários locais distantes em pouco tempo. São três linhas. Eu fiz a do centro sem descer primeiro e depois peguei a que vai para o Oympiapark. 

Minha primeira parada foi no Olympiapark, construído para os jogos Olímpicos de 1972. Tem uma torre que permite essa vista panorâmica, 5,50 para subir. Da torre dá para ter uma visão muito boa da cidade, além de todo o parque. 








Realmente o parque é muito bonito. Em frente fica o Museu da BMW, mas nesse eu não fui. O estádio do Bayern, que eu queria ir, fica muito longe da cidade, então também acabou não rolando.

Minha próxima parada foi na Marienplatz. Almocei na Hofbrauhaus. Lá as mesas são grandes e compartilhadas. Eu sentei com mais três meninas, uma chinesa, uma espanhola e uma polonesa. 
O lugar é bonito e bem turístico, a comida e a bebida são boas e os preços razoáveis.  




A Marienplatz é uma graça. Lotada de turistas. Mas gostei muito dessa parte da cidade, mais histórica, me lembrou Florença. 

Em Munique também tive que usar minha tática de levantar muito cedo para conseguir tirar fotos sem os milhares de turistas. Sempre vale a pena, a luz é muito mais bonita e você pode experimentar vários ângulos sem tanta gente no caminho.


Neues Rathaus - Nova prefeitura



Glockenspiel - carrilhão. Aí você pergunta "mas o que é um carrilhão?" É tipo um relógio cuco animado gigante! Não sei se falando assim parece legal, mas garanto que é. Ele toca às 11h e às 17h. São oito minutos de música em que bonecos gigantes contam a história de Munique. 


No centro da praça tem uma coluna com uma estátua dourada de Maria, que dá nome à praça (Marienplatz = Praça de Maria)

Altes Rathaus  - Velha prefeitura


Virtualienmarket - barraquinhas com produtos variados, principalmente comidas. 

(em frente ao Virtualienmarket tinha uma perfumaria Hela com os melhores preços! Um creme Shiseido, que na Douglas e na Sephora custava cerca de 80, aqui estava 60 euros #ficaadica )


IsarTor Portão de Isar





Frauenkirche  - um dos símbolos de Munique. uma das torres estava em reforma, mas a igreja estava aberta

Odeonplatz


Residenz - Sede do governo e residência dos Duques Bávaros, "eleitores" e reis, de 1508 a 1918. São muitas salas, apartamentos, quartos ricamente decorados. Destaque para a sala dos espelhos. Visitei o museu e o tesouro por 11 euros. 





Michaelskirche 
Jesuitenkirche St. Michael
Neuhauser Straße 6
80333 München


Mais uma do centro histórico













Nenhum comentário:

Postar um comentário